Divulgação

Institutos Superiores Politécnicos e Escolas Secundárias são parceiras da Câmara Municipal

Institutos Superiores Politcnicos e Escolas Secundrias so parceiras da Cmara Municipal

A oferta pública de formação inicial superior no Concelho de Vila Franca de Xira vai ser uma realidade já no Ano Letivo 2021 / 2022.

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira aderiu à Plataforma de Ensino Superior Politécnico na Zona Norte de Lisboa, através da qual está prevista a realização de três Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP) no Município Vila-franquense, em parceria com os Institutos Politécnicos de Setúbal, Santarém e Tomar. Os cursos serão administrados nos Agrupamentos de Escolas Alves Redol (Vila Franca de Xira), do Forte da Casa e na Escola Secundária Gago Coutinho, em Alverca.

No Agrupamento de Escolas do Forte da Casa, em parceria com o Instituto Politécnico de Setúbal, será lecionado o Curso de Tecnologias de Laboratório Químico e Biológico e as candidaturas decorrem de 26 de agosto a 23 de setembro. Há 32 vagas disponíveis em horário pós-laboral para este curso no Forte da Casa, que irá decorrer ao longo de quatro semestres (120 créditos) e integra a realização de estágio curricular.

Na Escola Secundária Gago Coutinho, em Alverca, será ministrado o Curso de Manutenção de Sistemas Mecatrónicos, pelo Instituto Politécnico de Tomar. As inscrições já estão a decorrer e terminam a 10 de setembro. Este curso conta com 20 vagas disponíveis em horário pós-laboral.

No Agrupamento de Escolas Alves Redol (Vila Franca de Xira), a colaboração está estabelecida com o Instituto Politécnico de Santarém, para a oferta do Curso de Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação, aguardando-se informação por parte do Instituto relativamente à abertura das candidaturas. O curso conta com 25 vagas disponíveis em horário pós-laboral.

A oferta de CTeSP no Concelho de Vila Franca de Xira vem colmatar a falta de ensino superior no território concelhio, sendo também um reforço do trabalho que vem sendo desenvolvido pela Câmara Municipal junto da comunidade educativa e das empresas – o Projeto Profissional + –, no sentido de valorizar cada vez mais os Cursos Profissionais enquanto oportunidade válida para o sucesso profissional e académico dos jovens. Estes cursos conferem um diploma de técnico superior profissional, podendo os respetivos alunos prosseguir os seus estudos nos ciclos de licenciatura e integrados de mestrado através de concurso especial, que lhes dará acesso a um grau académico.

A Plataforma de Formação, Conhecimento e Inovação de Lisboa Norte envolve o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, através da Direção-Geral do Ensino Superior, o Ministério da Coesão Territorial através das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR-LVT), do Centro (CCDRC) e do Alentejo (CCDRA), os Municípios de Amadora, Arruda dos Vinhos, Loures, Mafra, Odivelas, Sintra, Torres Vedras e Vila Franca de Xira, os Institutos Politécnicos de Leiria, Santarém, Setúbal e Tomar e também diversas entidades e empresas, que se assumem como membros fundadores de um grupo que deverá ser alargado nos próximos anos.