mia khalifa porn

És Cultura18

es.cultura18

O que é?

Se fazes 18 anos este ano, És Cultura! Este projeto foi um dos vencedores do OPP2017 a nível nacional. Em 2018 damos-te acesso gratuito a vários espaços e eventos por todo o País. Escolhe aqui no site o que queres visitar, verifica as condições de acesso, e não te esqueças de levar o teu Cartão de Cidadão contigo. Tens 2018 para ser Cultura. Bora?

Como Usar?

XV Congresso Internacional das Cidades Educadoras - Cascais 2018

Mais Autonomia, Mais Coesão, Mais Equidade

mais.autonomia.coesao.equidade

A Fundação CEBI sempre contou com a atitude altruísta de quem quer contribuir generosamente para o bem-estar dos outros. Tal como as pessoas, as Organizações também têm os seus tempos próprios. Agora é tempo do POAPMC - Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas. Este Programa, já divulgado, consiste na criação e gestão de um Polo de Receção de géneros alimentares para os concelhos de Vila Franca de Xira e Arruda dos Vinhos, que irá abranger 855 pessoas, e também na qualidade de entidade mediadora em parceria com outras Instituições dos referidos concelhos. Este Programa tem como objetivo minimizar as carências básicas alimentares das populações mais fragilizadas, através da distribuição de géneros alimentares, e contribuir para a autonomia dos públicos participantes através do desenvolvimento de ações específicas, tais como, sessões informativas, de sensibilização e de carater formativo.

Iniciou-se assim, um processo de reforço e organização de um Grupo de Voluntariado com o objetivo de colaborar em fases específicas do processo, como por exemplo na receção dos bens alimentares, organização dos cabazes, distribuição dos diversos géneros, etc., em contextos de interação social com as populações que servimos.

Deu-se também início a um conjunto de procedimentos no sentido de conhecer outras experiências de Voluntariado bem-sucedidas, particularmente no que respeita aos seus princípios e valores, à sua regulamentação, à sua integração nas Organizações ou no que diz respeito às dificuldades na angariação.

O Voluntariado na CEBI é indissociável da sua identidade fundamental. Sempre presente de um ponto de vista dos princípios e das ações que sempre desenvolveu. A Lei, de acordo com as orientações das Nações Unidas e congruente com o nosso próprio conceito de Voluntariado, desenvolvido ao longo de décadas assume uma particular importância na nossa intervenção.

A Lei n.º 71/98, de 3 de novembro, define Voluntariado como “o conjunto de ações de interesse social e comunitário, realizadas de forma desinteressada por pessoas, no âmbito de projetos, programas e outras formas de intervenção ao serviço dos indivíduos, das famílias e da comunidade, desenvolvidos sem fins lucrativos por entidades públicas ou privadas.

Não são abrangidas pela presente Lei as atuações que, embora desinteressadas, tenham um carácter isolado e esporádico ou sejam determinadas por razões familiares, de amizade e de boa vizinhança.”

O Voluntariado, de acordo com o Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado, passamos a citar:

“– Está ao serviço das pessoas, das famílias e das Comunidades, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do bem-estar das populações;

– Traduz-se num conjunto de ações de interesse social e Comunitário, realizadas de forma desinteressada, expressando o trabalho Voluntário;

– Desenvolve-se através de Projetos e Programas de entidades públicas e privadas com condições para integrar Voluntários, envolvendo as entidades promotoras;

– Corresponde a uma decisão livre e voluntária apoiada em motivações e opções pessoais que caracterizam o Voluntário”.

É neste âmbito que está a decorrer uma campanha de angariação de Voluntários na Fundação CEBI para o Departamento de Intervenção Social e Comunitária. Contamos com a participação de todos!

 

 Inscreva-se Aqui 

Experiência Colaborativa de Eratosthenes

eratosthenes.experiment

Depois do grande sucesso do ano passado, com mais de 670 escolas de todo o mundo envolvidas, o Eratosthenes Experiment March 2018 terá lugar no dia 21 de março. Para participar, deve registar-se no sítio da Experiência Eratosthenes indicando a longitude e a latitude da sua escola. Após este registo, a equipa organizadora irá pô-lo em contacto com uma escola da mesma longitude. Em colaboração com a sua escola parceira, irá obter dados e calcular a circunferência da Terra, enviando depois esses dados para a comunidade alargada do sítio da experiência.

Para ter a possibilidade de ganhar uma bolsa de estudos para participar na Escola de Verão 2018 da European Science Education Academy (ESEA), na Grécia, tire uma fotografia da sua experiência e envie-a até ao dia 18 de abril, juntamente com os seus dados. Mais informações sobre este concurso em http://eratosthenes.ea.gr/content/photo-contest-march-2018.

Fique a par das novidades juntando-se à Comunidade de Eratosthenes, onde poderá encontrar planificações da experiência (disponíveis em resources) - com base no Inquiry Based Model. Poderá também encontrar a comunidade do seu país (Network of related communities - à direita) assim como planos de aula para o ensino básico e secundário em vários idiomas. Se não tiver acesso a computadores ou tablets, o conhecimento adquirido pelos seus alunos sobre este tema será avaliado através de um questionário on-line que poderá ser encontrado aqui. O questionário, disponível em vários idiomas, deve ser respondido antes da lição começar (pré-questionário) e no final da lição (pós-questionário) para avaliação do conhecimento obtido pelos alunos.

Guia do 1º Emprego

guia.1.emprego.2018

Agir Verde nas Organizações de Juventude

agir.verde

Para assinalar o Dia Mundial do Ambiente, o Conselho Nacional de Juventude (CNJ) lança o guia online “Agir Verde nas Organizações de Juventude”.

Este Guia de boas práticas ambientais surge como resultado de um compromisso adotado em junho de 2014, por organizações do CNJ, com o objetivo de apoiar e incentivar as associações de jovens a adotarem boas práticas ambientais e a implementarem um programa gradual de reconversão ou criação de escritórios/sedes verdes.

Pretende-se proporcionar às organizações de juventude uma seleção de boas práticas ambientais que podem facilmente ser aplicadas, trazendo benefícios não só a nível ambiental, como a nível económico e mesmo social para a organização, mostrando como a eficiência na utilização de recursos tem consequências na poupança orçamental das organizações.

Numa altura em que a abordagem de questões ambientais requer uma ação conjunta de governos, empresas, organizações da sociedade civil e também do cidadão e cidadã a título individual, o CNJ, enquanto plataforma de organizações de juventude, pretende com este guia contribuir para a mudança de mentalidades e fazer da consciência ecológica uma forma habitual de agir, em todas as circunstâncias e não só em momentos concretos.

Guia disponível Aqui.

 

Conselho Nacional de Juventude

Email: geral@cnj.pt

Telefone: 21 880 2130